www.datafeedwatch.pt SOLICITAÇÃO DEMO

O DataFeedWatch foi lançado em 2013, em San Mateo, Califórnia.

Quando começamos a administrar Anúncios de Listagens de Produtos (conhecidos como Product Listing Ads, ou PLA), logo ficou claro que a otimização de feeds de dados é a chave para o sucesso. Também não demorou para percebermos que não havia uma solução acessível para anunciantes de tamanho médio. Assim, construímos algo que nós mesmos precisávamos: uma aplicação que nos permitisse remapear os feeds, adicionar categorias e marcadores e fazer tudo o que devia ser feito para montar campanhas lucrativas no Google.

Após usá-la por vários meses, obtivemos resultados excelentes para os nossos clientes. Descobrimos que diversos vendedores e agências sofriam da mesma frustração com feeds de dados e resolvemos oferecer a nossa aplicação desenvolvida em casa para terceiros: assim nasceu o DataFeedWatch.

Tudo correu muito rápido depois disso: começamos a adicionar mais canais e, dentro de um ano, nós nos tornamos a maior ferramenta de feeds de dados do mundo, oferecendo mais de 500 canais em mais de 30 países. Também adicionamos a DataFeedWatch Analytics, fornecendo estatísticas de desempenho para todos os produtos em todos os canais, bem como conferindo a possibilidade de remover itens com desempenho negativo de seus feeds de dados.

Quase que imediatamente começamos a crescer, e esse crescimento ainda está se acelerando. E eis que chegamos aqui. Com escritórios em Foster City (EUA), Cracóvia (Polônia) e Amsterdã (Países Baixos), oferecemos um serviço útil para vendedores e agências que buscam otimizar o seu feed e melhorar a sua performance no Google Shopping e em qualquer outro canal.
O DataFeedWatch é mais intuitivo e fácil de usar do que qualquer outra ferramenta de feed de dados, e os preços são extremamente acessíveis e flexíveis, indo desde um plano a baixo custo para vendedores até um plano de Agência com lojas ilimitadas

DataFeedWatch foi fundado e é atualmente dirigido por Jacques van der Wilt , sendo apoiado também pelo nosso Capital de Risco favorito: Credo Ventures.