3 dicas simples para otimizar o seu feed de produtos do Facebook

    3 dicas simples para otimizar o seu feed de produtos do Facebook

    Os anúncios dinâmicos do Facebook oferecem uma oportunidade incrível para o varejista que quer promover o seu catálogo de produtos para usuários do Facebook que já tiveram alguma interação com a marca.

    Há uma correlação direta entre o sucesso das suas campanhas de anúncios dinâmicos e a qualidade da otimização dos seus feeds.

    Domine os anúncios dinâmicos do Facebook com as nossas 9 estratégias comprovadas

     

    Se você já está anunciando o seu catálogo de produtos no Google Shopping, você pode reutilizar o mesmo feed para começar, mas a longo prazo o ideal é otimizar o feed especificamente para os anúncios dinâmicos do Facebook.


    Configure o seu feed do Facebook

    Ao construir uma casa, você procura garantir que a construção esteja sobre uma fundação sólida. Pense no seu feed de Facebook como a fundação dos seus anúncios dinâmicos. 

    Ter dados bem organizados é essencial para o sucesso dos seus anúncios: mesmo que você seja um mago do Facebook, não há muito a ser feito se o seu pixel do Facebook só corresponde a 20% do seu feed ou se os títulos dos produtos são ruins.

    As boas notícias para os usuários do Google Shopping são que o mesmo feed do Google também funciona no Facebook. Essa é uma ótima forma de começar a usar anúncios dinâmicos, mesmo que você não os tenha usado antes. Para começar, você só precisa fazer upload do seu feed de produtos no Facebook.

    Se atualmente você não usa o Google Shopping, mas quer ter anúncios dinâmicos, você pode ver uma lista dos atributos obrigatórios do feed aqui: Facebook Feed Requirements. Ela lhe mostrará como criar o seu próprio feed de produtos para o Facebook, bem como o que é necessário para o seu nicho.

    Após ter feito upload do seu feed de produtos, está na hora de configurar o pixel do Facebook. É aqui que muitos comerciantes ficam empacados, e já cobrimos esta questão em maior detalhe no post Anúncios de produtos no Facebook: todas os truques que você precisa saber

    Facebook-Pixel

     

    Há muitas estratégias que você pode usar para otimizar os seus anúncios dinâmicos de produtos, tudo dependendo de qual for o seu objetivo.

     

    1. Crie títulos atraentes

    Dada a forma pela qual os anúncios aparecem, não há necessidade de colocar a marca no começo dos título. A marca já fica no topo do anúncio, e dado que isso é remarketing, as pessoas já estarão familiares com a sua marca.

    Você só tem 25 caracteres que aparecem no começo de cada título, de forma que o melhor é colocar o máximo de informações relevantes no começo dos títulos. 

    Isso inclui coisas como gênero, tipo de produto, cor, etc. As informações que você quiser que apareçam antes variam dependendo de qual for o seu nicho.

    Use a estrutura abaixo para guiá-lo ao criar títulos para anúncios dinâmicos do Facebook.

    estrutura de título do facebook dpa

     

    2. Coloque etiquetas customizadas no seu feed de produtos do Facebook

    Também é uma boa ideia criar etiquetas customizadas para o seu feed. Uma grande utilidade delas é mostrar qualquer liquidação ativa, de forma que você pode visar produtos específicos com uma liquidação ativa em vez de ter de aplicar as etiquetas a todos os produtos.

    Custom Labels for Facebook Dynamic Product Ads

    Você pode criar etiquetas customizadas com base em uma série de outros critérios; caso queira ler mais sobre isso, recomendamos o post Otimize o seu ROI com etiquetas customizadas. 

    Isto permitirá que você crie novos atributos e etiquetas customizadas, tornando muito mais fácil de testar se quer usar A ou B (por exemplo, para escolher entre duas palavras-chave ou decidir se usa imagens de produtos ou imagens de lifestyle).

     

    3. Atualize os preços de produtos automaticamente

    Para ficar à frente da concorrência no seu espaço, muita coisa depende do preço, especialmente se você é um revendedor de produtos. Empregando uma solução de ajuste dinâmico de preços, você evita o trabalho pesado de ter de conferir manualmente os preços de seus concorrentes e atualizar os seus próprios de acordo com os deles. Assim você poderá executar verificações diárias para ver como os seus preços estão batendo com os dos concorrentes.

    Com uma ferramenta de ranking de preços, você pode criar regras e critérios para o reajuste automático de preços com base em: preços dos concorrentes, tipos de produtos, canais de compras ou mercados. 

    • para um determinado tipo de produto ou marca, você quer sempre ter o preço mais baixo. Neste caso, você cria uma regra que automaticamente torna o seu produto de 1 a 10% mais barato;
    • para alguns outros produtos, você quer ser o primeiro, mas somente se o preço nunca for menos do que X;
    • você pode selecionar contra quais concorrentes você deseja ajustar os seus preços. Digamos que você quer sempre ter o preço mais baixo, mas nunca mais baixo do que as Companhias A e B, já que elas sempre são mais baratas do que você.

     

    Depois de ter atualizado os preços na sua loja, você pode exportar um arquivo dos preços e mesclá-lo com o seu feed de produtos, com os códigos de produtos servindo para combinar os dois arquivos. Isso é ótimo para caso você atualize os seus produtos e preços com muita frequência.

    Estas são três dicas rápidas para ajudá-lo a lucrar mais e expandir o alcance da sua loja.

    Caso você seja um comerciante online que esteja tentando aproveitar ao máximo o potencial do Facebook e este post tenha sido útil, você vai gostar do nosso e-book Técnicas para aumentar o ROI de seus anúncios do Facebook. Faça download dele e descubra como melhorar a qualidade das suas campanhas no Facebook.

     

    New Call-to-action