Google Express: o mercado do futuro

    google-express-mercado-futuro

    Tendo parcerias com 28 lojas de varejo e disponibilidade através de todos os estados dos EUA, o Google Express só faz crescer, mostrando taxas de crescimento impressionantes de 33% no primeiro trimestre de 2018. Com isso, parceiros usando a plataforma também viram uma média de 30% de crescimento em suas vendas desde o momento em que viraram parceiros do Google Express.

    Isso tem deixado o foco no Express, por ser um importante novo competidor da Amazon. Comparações têm sido feitas em particular entre o Google Express e o Amazon Prime Now, dado o fato de que ambos oferecem produtos domésticos e mesmo mantimentos de mercearia.

    Tabela de conteúdos:

     


    Então, do que se trata o Google Express?

    Considerado um competidor da Amazon Prime, o Google Express é uma plataforma de compras que permite a seus usuários comprar itens usando o site, aplicativo ou busca de voz do Google Express a partir do Google Home. Ele foi lançado originalmente em 2013 (sendo conhecido formalmente como Google Shopping Express) e a plataforma foi desenvolvida para agilizar o processo de compras. Uma série de pequenas alterações feitas mais tarde e a plataforma foi lançada através dos EUA, com sugestões adaptadas para cada indivíduo e um carrinho de compras universal que permite que os compradores comprem diretamente da plataforma.

    Para varejistas, o programa tem três vantagens principais:

    Ele deixa mais fácil de vender, para varejistas: o Google Express dá a varejistas a oportunidade de ganhar uma vantagem competitiva ao ser parte de um programa com um número significativo de clientes, sem que sejam necessários mais recursos internos da empresa.

    Melhora a experiência de uso do cliente com excelentes e confiáveis serviço e estrutura fácil de usar. 

    Em primeiro lugar, a interface do Google Express é simples de se navegar. O faturamento centralizado consolidado deixa rápido e fácil de fazer inúmeras compras. Em segundo lugar, o Google Express tem um departamento de serviço ao consumidor que lida com reclamações e certos aspectos dos serviços ao consumidor. Finalmente, graças à disponibilidade de fazer pedidos através de uma variedade de dispositivos — PCs, buscas em aparelhos móveis ou buscas de voz —, clientes podem fazer compras quando e onde quiserem.

    Encoraja fidelidade à marca e o valor de longevidade dos clientes

    Com uma série de varejistas de uma plataforma, fica mais fácil para os clientes de voltar às lojas com as quais estão acostumados online, sem que para isso seja necessário trocar de plataforma, o que encoraja a fidelidade à marca. O fato de todos os detalhes de faturamento se encontrarem no mesmo lugar também é um passo que encoraja usuários a comprar através das lojas parceiras do Google Express. O bônus adicional de ter uma marca como o Google com avaliações prontas para cada produto também aumenta o nível de confiança que o cliente sente pela marca, encorajando-o a comprar tudo de que precisa através da plataforma.


    Voltar ao topo ou Baixar O Guia Completo de Otimização de Feeds de Dados


    Como funciona o Google Express?    

    Para o usuário, o Google Express é para todos os efeitos um mercado que ele pode explorar e através do qual ele compra dos varejistas listados. O usuário pode ler avaliações dos produtos e, se seu carrinho chega ao nível de despesas mínimo (o que é determinado individualmente por cada comerciante), o frete provavelmente será de graça.

    google-express Página principal do Google Express: o Google Shopping Blog

     

    Para o varejista, ele começa por deixar alguns ou todos os seus produtos disponíveis na plataforma. O varejista pode escolher se deseja que a embalagem e frete sejam efetuados pelo Google Express, ou se prefere efetuar estas operações por conta própria. O custo geralmente reflete o serviço selecionado.

    Para começar a operar com o Google Express, você precisará registrar o seu interesse usando a Shopping Actions Interest Form. Você também precisará criar uma conta no , caso ainda não a tenha. Lá, você deverá inserir suas informações de empresa, impostos e frete. Uma vez aprovado, você precisará ativar as ações para o Shopping no Merchant Center.

    Vale a pena notar que, a fim de ser aprovado, você precisa ter os produtos certos para a plataforma, passando também por testes de segurança e qualidade.

    Voltar ao topo ou Baixar O Guia Completo de Otimização de Feeds de Dados

    Google Express vs Amazon Marketplace

    Dado que é um competidor direto da Amazon, é claro que existem uma variedade de similaridades — e diferenças — entre os dois. Estas incluem:

    Similaridades:

    • Há uma variedade imensa de produtos disponíveis. Clientes podem comprar de uma variedade de departamentos (por ex., aparelhos eletrônicos, saúde e beleza, gêneros alimentícios) em uma só plataforma.

      

    google-express-vs-amazon 

     

    As páginas principais de ambos os departamentos.

    • Ambas as plataformas são de graça para o comprador (sem contar a Amazon Prime, que é serviço pago)
    • Ambas têm o privilégio da grande conveniência de poder entregar os itens direto na sua casa
    • Ambas também incorporam um uso significativo da busca de voz; o Google Express oferece produtos de uma seleção de seus varejistas no Google Home, enquanto que a Amazon oferece compras diretamente através da Alexa.

     

    Diferenças:

    • Em primeiro lugar, a experiência no Google Express consiste mais em compras por vendedor do que por item. Isso restringe um pouco as possibilidades. No Google Express, você precisa comprar seus gêneros alimentícios da Whole Foods, mas se você também quiser comprar uma guitarra Amplifier do Centro de Guitarras, isso criaria um pedido diferente, já que você está usando vendedores diferentes. Na Amazon, você pode geralmente passar itens diferentes de vendedores diferentes no mesmo pedido. Para que você tenha uma ideia, a imagem abaixo mostra como uma loja é tipicamente mostrada no Google Express. Como você pode ver, você está numa loja específica.

     

     

    costco-google-express 

    Costco, no Google Express. Imagem de AndroidPolice

    • Em certo ponto, o Google Express oferecia itens frescos, aproximando-se mais da competição com a Amazon Fresh — uma subsidiária da Amazon. No entanto, o prazo do frete com o Google Express é de 0 a 3 dias. Em alguns casos, pode ser que o comprador receba o produto no mesmo dia, mas em outros, mais tempo pode ser preciso. Já a Amazon gastou quantias significativas de tempo e dinheiro no esforço para oferecer um serviço de entrega para o dia seguinte. Por causa disso, o Google Express não oferece mais produtos perecíveis.

     

    É interessante considerar que havia uma expectativa de que o Google Express ganharia popularidade com aqueles que não quisessem usar a Amazon. No entanto, já ficou mais que claro que quem compra do Google Express também compra da Amazon. Para compradores, parece tratar-se menos de competição, mas sim de preços e conveniência.

    Voltar ao topo ou Baixar O Guia Completo de Otimização de Feeds de Dados

    Google Express vs Google Shopping

    Embora ambos sejam disponibilizados pelo Google, o Express e o Shopping são duas possibilidades bem diferentes, com uma pequena quantidade de similaridades e um número muito maior de diferenças entre os dois.

    Similaridades:

    • O uso de ambas as funções é de graça para os clientes.
    • Para varejistas, você precisa ter um Merchant Center para fornecer as informações para ambas as plataformas.

    Diferenças:

    • O Google Express é mais uma plataforma-mercado, permitindo que clientes façam compras fácil e rapidamente via o Google. Já o Shopping, por outro lado, é mais uma plataforma de publicidade, ou referência. Ele permite aos varejistas anunciar seus produtos; uma vez que estes sejam selecionados, o cliente é levado ao site da loja para completar a compra.
    • Dado que o Shopping tem um foco maior na publicidade de produtos, o modelo de preços para varejistas também é inteiramente diferente. No Google Shopping, o comerciante paga a cada vez que alguém acessa o seu site através da plataforma, enquanto que no Express cobra-se uma comissão por venda feita.
    • Finalmente, a oferta de produtos e disponibilidade são extremamente diferentes (por enquanto). No Google Shopping, quase qualquer varejista pode se inscrever e divulgar seus anúncios, desde que tenha um bom site e seja capaz de produzir um feed de produtos. Já no Google Express, no entanto, é necessário aprovado pelo Google. No momento, todos os parceiros do Express são marcas famosas — isso veremos em mais detalhe logo abaixo.

     

    Voltar ao topo ou Baixar O Guia Completo de Otimização de Feeds de Dados


    Google Shopping Actions e Google Express

    O Google tem estado focando no comportamento do consumidor e na atribuição por trás das compras. Pelos últimos dois anos, o Google percebeu que buscas em aparelhos móveis por “onde comprar…” haviam crescido em surpreendentes 85%. Isso os informou de que era necessário trabalhar para fazer melhor uso das buscas de voz, a fim de tornar a venda um processo mais fácil.

    E é aqui que entra o Google Shopping Actions, um programa razoavelmente novo destinado a facilitar e agilizar a seleção e compra de itens. Funcionando de braços dados com o Google Express, o Shopping Actions tem ajudado a facilitar a possibilidade de clientes adicionarem itens a seus carrinhos de compras independentemente de onde se encontram ou de que tipo de dispositivo estão usando — especialmente através do uso do Google Home.


    Voltar ao topo ou Baixar O Guia Completo de Otimização de Feeds de Dados


    Ele está disponível para qualquer um?

    Não exatamente. Como já mencionamos, ele só se encontra disponível nos Estados Unidos, no momento. Mas com rumores de que uma série de marcas tiveram a oportunidade de efetuar testes por todo o mundo, é provável que ele logo seja expandido para outros países mais.

    O programa funciona com uma lista seleta, mas sempre crescente, de marcas populares, incluindo:

    • L’Occitane
    • Costco
    • Whole Foods
    • Wayfair
    • Walmart
    • Bed Bath and Beyond.


    A lista completa de marcas pode ser encontrada nas páginas de ajuda do Google Express Help. Por enquanto, parece mesmo tratar-se mais de marcas maiores, de forma que se você é uma empresa média, o foco no momento deve ser ficar de olho na situação e ver como os acontecimentos se desenrolam.

    Voltar ao topo ou Baixar O Guia Completo de Otimização de Feeds de Dados



    Considerações finais…

    O Google Express é uma plataforma na qual sem dúvida alguma compensa ficar de olho. Com a popularidade cada vez maior das buscas de voz e dos serviços de pagamento online, é improvável que o crescimento notável do programa comece a diminuir no futuro próximo.

    Já foi previsto que o Google Express acabe por se difundir por outros países além dos Estados Unidos, continuando a rivalizar com a Amazon. Mas pondo de lado a rivalidade, pode ser uma boa ideia adicionar o Google Express à sua estratégia: é algo que pode ajudá-lo a juntar-se aos atuais parceiros e seu crescimento de 30%. Ter uma estratégia sólida para diversos canais mais que vale a pena, permitindo que você continue a crescer e a descobrir novos clientes, não importa onde e como eles preferem fazer compras.

    New Call-to-action