É bom incluir variantes e produtos principais no seu feed de dados?

    É-bom-incluir-variantes-e-produtos-principais-no-seu-feed-de-dados_

    É bom incluir todas as variantes no seu feed de dados do Google e de outros canais de compras, ou somente os produtos principais? Como varejista, você tem uma escolha. Vejamos os argumentos pelas “variantes” e pelos “principais”, para que você possa fazer uma decisão bem informada.

     

    O que são as variantes do produto?

    O Google define variantes de produto como um grupo de produtos idênticos, os quais diferem somente nos atributos ‘color’ [cor], ‘material’, ‘pattern’ [padrão] e ‘size’ [tamanho]. Uma camiseta de manga curta (produto principal) em 3 tamanhos e 5 cores pode ter um total de 15 variantes.

    A maioria dos carrinhos de compras tem um jeito de exportar todas as variantes a partir da sua loja. Se somente os produtos principais tiverem sido exportados, uma ferramenta como o DataFeedWatch oferece um jeito de gerar um novo feed com todas as variantes, com base na informação no feed que só contém os produtos principais.

     

    Por que incluir um feed com somente os produtos principais?

     

    Custo

    Desta forma você fica com menos produtos no seu feed de origem. Isto deixa mais barato e mais fácil de gerenciar. Temos clientes que possuem 1 milhão de variantes, mas somente 25 mil produtos originais. O custo da otimização de feeds de dados para 1 milhão de produtos pode acabar sendo alto demais, mas ficar em conta para 25 mil.

     

    Obrigatório para determinados canais

    Alguns canais só querem receber feeds com os produtos principais. Embora é claro que eles também precisem de informações sobre as variantes, eles preferem receber as informações sobre todas as cores (ou tamanhos, etc) em um único campo. Uma boa ferramenta de dados, como a nossa, consegue “mesclar” todas as opções de variantes em um feed principal.

     

    O preço varia para cada variante

    Algumas variantes custam mais do que outras. Aquela camiseta pode custar US$ 10 para todas as cores, mas o tamanho GG pode ser US$ 12. O Google compara todos os preços no feed de dados com os preços nas páginas de produtos. Caso eles não coincidam, o Google rejeita o produto. Muitos carrinhos de compras têm um URL para todas as variantes. E naquela página fica só um preço: os outros aparecem quando você seleciona uma cor ou tamanho diferentes no menu suspenso da página. Por causa disso, o Google acaba reprovando todas as variantes com um preço diferente do preço da “variante padrão”. 

    Assim, se você só baixar os produtos principais, só será possível evitar que todas as variantes sejam reprovadas se você tiver um URL único para cada uma.

     

    Por que incluir todas as variantes?

     

    Obrigatório para determinados canais

    Alguns canais, como por exemplo o Google Shopping, requerem que você inclua todas as variantes como produtos únicos.

     

    Mais cliques

    Digamos que alguém esteja procurando uma camiseta vermelha. Caso você não mostre a variante vermelha, a camiseta não aparecerá no topo da página de resultados. Isto pode não ser um grande problema quando se trata de tamanho, mas muita gente inclui fatores como cor e material em suas pesquisas.

     

    Disponibilidade

    Canais como o Google não mostram produtos que estão em falta. As informações sobre disponibilidade/quantidade no seu feed de origem variam de acordo com cada variante, de forma que não podem ser incluídas junto com o produto original. Dado que você precisa acrescentar um valor para cada produto, não há outra escolha senão definir como “em estoque”. Isto significa que você também acaba gastando a verba de publicidade com produtos que não podem ser comprados por estarem em falta.

     

    Para evitar dados errados de produto

    Campos como cor, tamanho, faixa etária e gênero não ficam disponíveis para o produto original. Mas o Google e outros canais exigem que você inclua estes dados para cada produto. Isso quer dizer que você precisa inserir valores fixos para todos os produtos. E é aqui que as coisas podem dar errado.

    Por exemplo: para o campo ‘Color’ [Cor], o Google não aceita valores tais como ‘various’ [várias] ou ‘multi color’. Assim, você cria uma regra que adiciona ‘red’ [vermelho] ou ‘blue’ [azul] a todos os produtos. Você pode criar uma solução mais sofisticada se as cores também forem mencionadas na descrição:

     

    datafeedwatch-adiciona-valor-estático-à-cor-1

     

    Potenciais compradores podem até chegar às suas páginas de produtos, mas eles sairão rapidamente quando descobrirem que você não oferece o que eles estavam buscando.

    Na maioria dos casos, consideramos que é melhor incluir as variantes do produto. Optar somente pelo produto original só é uma boa ideia quando você tem tantas variantes que a otimização do feed de dados não ficaria em conta. O custo de estar apresentando os dados errados sobre cor, disponibilidade e outras variantes tende a ser bem maior do que a potencial economia com o feed de dados.

     

    Como criar um feed com todas as variantes OU somente com os produtos originais?

    Fácil: pergunte para nós! Envie-nos um e-mail no endereço support@datafeedwatch.com e ativaremos o feed para você.

     

    New Call-to-action